PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

 



  CÍRCULO PAST GOVERNADORES 

 

     
À data e no Organigrama do Distrito Único 115, existia uma denominada “Comissão de Honra” constituída pelos Past-Governadores, os mesmos que em outubro de 1995 reunidos na Figueira da Foz, decidiram dar os primeiros passos para a constituição de uma Associação que ganhou forma e avançou, juntando assim os Past-Governadores do Distrito Único e os do actual Distrito Múltiplo 115.
 

Na reunião e após larga troca de ideiais e impressões, ficou decidido fundar uma Associação de direito privado, cujos objectivos se resumiam a:

  •  
    • Perpetuar os laços de Amizade e Companheirismo entre os Lions que exerceram o cargo de Governadores;
    • Incentivar os seus membros a manterem uma participação activa na vida da Associação Internacional com estrito respeito pelas estruturas oficiais;
    • Executar tarefas específicas quer a nível de planeamento, quer a nível de execução que lhe sejam solicitadas pelo Conselho de Governadores ou Governadores em exercício;
    • Elaborar por sua própria iniciativa, estudos e reflexões sobre temas de interesse Lionístico ou outros;
    • Tornar claro que a Associação não se imiscui com as Estruturas Lionísticas e não interfere na cadeia hierárquica a que todos os Lions estão vinculados;
    • Considerar membros Fundadores todos os presentes assim como os Past–Governadores que manifestarem esse desejo. 
Membros Fundadores: Alcides Rosa dos Santos, António Augusto Maia Gomes, António Serra Cruz, Armindo Rodrigo Vieira Leite, Carlos Quinta e Costa, Fernando Dias Esteves, João Manuel Pedrosa Russo, Jorge Galamba Marques, José Dias Costa, José Trindade Martinez, José Luis Brito Rocha, José Maria Ribeiro Gorgulho, Luis Gonzaga Duarte Xavier, Manuel dos Santos Machado, Manuel Machado Rodrigues, Miguel Macedo Teixeira, Nuno Morado da Rocha, Rui dos Santos Machado Valdez e Rui Machado da Costa Taveira.
Aqui cabe destacar o empenho e a acção do PDG Rodrigo Leite, que desde a primeira hora foi o principal dinamizador da criação da Associação.
 
Como razão principal desta iniciativa, foi a do Lionismo em Portugal continuar a contar com Lions activos e disponíveis, Lions que um dia assumiram responsabilidades nos seus Distritos, que convivem regularmente, discutem ideias e emitem opiniões quando solicitadas.

 

A adopção da denominação de “Círculo” e não de Associação, ficou a dever-se à intenção de afastar a imagem de um Clube especial ou concorrente.

 

Assim, em 13 de Abril de 1996 realizou-se em Fátima uma primeira  Assembleia Geral onde foram discutidos e aprovados os projectos de Estatuto e Regulamentos.

 

Depois, em 18 de Maio na cidade de Viseu teve lugar outra Assembleia para eleição dos Corpos Sociais.

 

Em 22 de Maio do mesmo ano, ao Departamento Legal de LCI foi solicitada a utilização da denominação “CPG-Círculo de Past Governadores – Distrito Múltiplo 115, Portugal; em 21 de Junho, o mesmo Departamento confirmou a autorização para o uso do logo Lions e da denominação então requerida.

 

Foi dado também conhecimento da fundação do CPG e respectivos Corpos Sociais, ao Conselho Nacional de Governadores em exercício (95/96) bem como aos Lions através da Revista “The Lion”. 

 

Finalmente, em 8 de Outubro de 1996, na sede do CPG em Matosinhos, (instalações cedidas pelo PDG Rodrigo Leite) teve lugar a Escritura da constituição do CPG-Círculo de Past Governadores, pelo  2º Cartório Notarial, posteriormente publicado no DR de 13 de Dezembro de 1996, III Série; em 15 de Fevereiro de 1997 houve uma alteração ao Estatuto para conformar com um articulado do Código Civil – publicação no DR de 09 de Julho de 1997, III Série.

 

Fernando Dias Esteves